sexta-feira, 25 de maio de 2012

Decifrando a letra - Indiretas Já - Marcelo Adnet

Marcelo Adnet com sua rara inteligência humorística produziu uma pérola, tanto em formato como em conteúdo, parodiando uma famosa letra e música de Chico Buarque de Holanda (Roda Viva), onde as emissoras de TV em geral, seus atores e profissionais, além de algumas beliscadas na política nacional pós ditadura militar, tudo junto, é metralhado venenosamente e faz voltar em que assiste a esperança de novos talentos do humor livre de amarras "politicamente corretas" e despatrulhados da "intelectualidade de esquerda", que, infelizmente, sempre reprime quando o tiro lhes atinge.

A letra será dissecada logo abaixo, mas de cara Adnet mostra a que veio, titulando sua paródia como INDIRETAS JÁ - um duplo sentido ao seu jogo de insinuações, sendo o movimento Diretas Já o marco da redemocratização do Brasil em meados dos anos 1980.

O fato de usar uma música de Chico, da época dos festivais da canção em plena ditadura militar também manda um recado: Nomeando-se Chique Com Arte, Adnet parece mostrar que o antigo (e ótimo) Chico original, que se projetou e fez sucesso criando músicas recheadas de "indiretas" ao regime de excessão e repressão, hoje vive fechado no seu mundinho milionário, ainda sustentando teses de esquerda totalmente ultrapassadas. Um socialista chic, que mora metade do ano em Paris, metade no Rio de Janeiro, cercado do melhor que o capitalismo permite.

Lembremos também que a música Roda Viva é tema de programa homônimo de entrevistas na TV Cultura de Sâo Paulo, que apesar de sua baixa audiência entre o público em geral (atinge em média 2 pontos no Ibope), tem grande repercursão entre jornalistas, políticos e os chamados "formadores de opinião".

A edição e ambientação do vídeo nos festivais é um caso à parte, que merece vários aplausos, pois sabemos que as condições das equipes de programas de humor e variedades na MTV (emissora do grupo Abril) são reduzidas, diferente das verbas colossais de programas de outras emissoras. Com pouco dinheiro e muita criatividade, a produção ficou perfeita, lembrando esquetes de programas de humor dos EUA (que tem verbas milionárias em Dólar!!!).

Segue a letra:

Indiretas já

Chique com Arte e MTV-4

(Aqui a referência ao Chico Buarque - autor da música e letra originais - e o antigo grupo vocal MPB-4 que o acompanhou em muitos shows e discos)

Plin plin coloriu 89

Editou pra não ver lulalá

(Nesse trecho há clara crítica a manipulação que houve no noticiário Jornal Nacional na edição seguinte ao último debate entre Lula e Collor no segundo turno das eleições presidenciais de 1989. O falecido Roberto Marinho, então dono da Globo, não aceitava o PT radical da época e resolveu dar uma "mãozinha" na edição do telejornal favorecendo Collor de Melo, que acabou eleito. Seria de qualquer jeito, essa manipulação não mudou o rumo da história como alegam muitos petistas - e professores universitários de esquerda - até hoje, mas foi golpe baixo da emissora)

Olimpíada não se promove

É Bueno a boca calar

(A Globo não conseguiu renovar os direitos de transmissão exclusiva das próximas Olimpíadas, perdendo para a TV Record - que pagou bem mais - além de outras TV's à cabo. Por isso o assunto é tabú dentro da área esportiva e jornalística da emissora, sendo também uma referência ao Galvão Bueno, que em uma transmissão esportiva ano passado falou algo sobre olimpíadas no ar e foi repreendido. Um lembrete também da famosa campanha/piada no Twitter CALA BOCA GALVÃO, que saiu até no jornal The New York Times)

Liberta a raposa do cabo

(guerra entre as trasmissoras de TV por assinatura NET e Sky e o canal FOX-Sports, sobre exclusividade na Copa Libertadores da América)

Chato que não deu pra acabar

(Filme Chatô, baseado em livro de Fernando Morais, biografia do fundador da televisão no Brasil, Assis Chateaubriand, e que, sob a batuta da Globo Filmes, teve verbas vindas via incentivo fiscal supostamente desviadas pelo diretor Guilherme Fontes e nunca ficou pronto, apesar de 90% rodado)

Tem cenoura no angu do Gomes

(Bom, aqui é um notório caso dos anos 1980, um boato sobre o ator global Mário Gomes que teria sido flagrado em um hospital com uma cenoura entalada, nele, como consolo sexual. Esse boato-brincadeira (de mau gosto) acabou se espalhando mais que o esperado por quem o inventou, mesmo em época que nem havia internet e telefone era artigo de luxo que só ricos possuíam. Alguns dizem que foi o diretor Daniel Filho que criou a estória, enciumado por ter Mário Gomes papado a atriz Beth Faria. Adnet lembrou o espinhoso episódio usando como mote o carioquíssimo Angú do Gomes, rede de carrocinhas de comida que marcou época na boemia do Rio de Janeiro nos anos 1960)

Veste a carapuça pra lá

Aqui há discreta interpretação: Seria uma indireta para Ciro Gomes, uma menção simples ao raivoso político paulista-cearense que "comia" a também atriz Patrícia Pillar)

Todo mundo já foi pra band

Tem argentino, tem arregão

(Claramente uma menção ao programa CQC - versão brasileira do original argentino, cuja produtora portenha Cuatro Cabezas tem ganho poder dentro da emissora da família Saad, e também ao programa Pânico, que pra lá migrou)

Quem mexeu com os garis ontem

Vai virar piada amanhã

(O âncora do telejornal da madrugada na Band Bóris Casoy e seu comentário infeliz e preconceituoso sobre garis depois de uma reportagem, que teve ampla repercussão na internet, além de virar sátira no programa Pânico)

Nem tudo é possível sem flores

Marido falou muito mais

(essa estrofe fala de Ana Hickmann, do programa Tudo é Possível da TV Record, e Cris Flores, junto do seu marido polêmico e bocudo)

Papa raso quem não teve fama

(uma referência ao jabá - espécie de propina artística - pago por subcelebridades para aparecer na TV e também ao programa TV Fama, da Rede TV, que supostamente aceitaria esse tipo de jabá)

Erra sete pra desinformar

(Site de notícias R7, do grupo Record, que além de tendencioso e chapa-branca, tem colunistas de gosto duvidoso e jornalistas pagos pelo governo)

Tem gente que não é criativa

Copia e faz mix por lá

(Bronca ao "copismo" do estilo da MTV feito por outros pequenos canais, tais como o canal de TV UHF e cabo MIX-TV, e da antiga Play-TV, que teve participação do filho do Lula através da Gamecorp, escândalo que envolveu uma curiosa doação de 15 milhões de reais de uma empresa de telefonia que depois foi ajudada pelo governo do pai em negócio de bilhões)

Mas quando a casseta vai fundo

Nem adianta miar

(programa Casseta e Planeta se reinventando, depois de entrar em certa decadência, e também à nova musa dos cassetas, Miá Mello, na tentativa de renovação)

Agora é tarde, saturday é sunday

(Dois programas que se relacionam pelos apresentadores: "Agora é Tarde" de Danilo Gentile (BAND) e o "Saturday Night Live" de Rafinha Bastos (REDE TV), que, apesar do nome - usa licença do programa original norteamericano - será aos domingos. Rafinha e Gentile trabalharam juntos no CQC)

Quanto é que custa o maracanã?

(Essa é direta: corrupção bilionária nas obras de estádios de futebol Brasil afora para a Copa do Mundo de 2014, a conivência das redes de TV com a pajelança devido a interesses comerciais e o direcionamento que poderá haver com a privatização já acertada do estádio carioca, após a Copa)

A tarde é suja de sangue

(Programas vespertinos diversos que se locupetam com desgraças e fazem dinheiro mostrando tragédias e mamando nelas por dias a fio - Sônia Abrão, Datena, entre outros)

O Rei fazendo operação

(aqui o mais provável é o Dr. Rey e suas cirurgias plásticas na Rede TV, mas pode ser também a super-exposição do tratamento contra o câncer de Lula, que usou e abusou de assessoria de imagem no caso, tendo até fotógrafo oficial registrando tudo)

Pastor só sai de madrugada

Rebanho não pode enxergar

(Clara referência ao dinheiro - livre de impostos - pago pela Igreja Universal nas madrugadas para sustentar o déficit da TV Record. O valor que a igreja paga atualmente pelas madrugadas da TV do Macedo daria para comprar horário nobre em outro canal)

Dizem-me que quem não paga

Mais cedo ou mais tarde cai cai

(De novo referência ao dízimo dos fiéis que sustenta a Record, e a "profecia" que Edir Macedo vai se ferrar uma hora, pois além de processos correndo, tem enfrentado queda de arrecadação nos seus templos. Cai cai é referência ao advogado criminalista de José Dirceu, Antônio Carlos de Almeida Castro, mais conhecido como Kakay, de quem Macedo provavelmente necessitará. Cai cai também é uma forma de exorcismo praticado por igrejas pentecostais, algo impactante (e dizem farsante), do qual Edir Macedo poderia usar: mais sensacionalismo em sua TV e Igrejas para arrecadar mais)

ET massageou minhas costas

Desculpe errei de tv

(Caso notório da apresentadora e esposa de um dos donos da Rede TV, Daniela Albuquerque - que contou já ter tido contatos imediatos de terceiro grau praticamente eróticos rsrs)

Esta a maior zorra na praça

Só para agradar a classe C

(A Globo usando humor popularesco no Zorra Total - coisa que sempre repudiou - típico do programa A Praça é Nossa do SBT)

Anãozinho, bunda gigante,

Tem dançarina, competição

(várias interpretações: Seria indireta a Mionzinho e Marcos Mion (baixinho e bundão), que abandonaram a MTV indo para a TV do Bispo - pode ser também uma referência ao apresentador Paulo Henrique Amorim, da Record - Anão e bundão, que tem dançado respondendo mais de 40 processos por calúnia, injúria e difamação - petições na justiça)

Vai já pro sofá figurante

Reality vale um milhão

(Aqui seria uma complementação ao texto acima, onde colocaria Mion e Mionzinho no seus devidos lugares: Figurantes, e que deveriam ir pro teste do sofá (serem "comidos" sexualmente para ter alguma oportunidade). Valeria também para PHA - sendo que esse "jornalista" recebeu 1 milhão de reais de patrocínios de empresas estatais para falar bem do Governo Federal em seu blog. Pode ser somente uma alusão as modeletes desconhecidas que passam pelo "teste do sofá" para participar dos realityes shows, mas isso estaria muito direto, o que não é a intenção da letra)

Um belo monte de artistas

Pra gota d’agua não cair

(crítica feroz à hipocrisia de atores engajadinhos em ecologia, que fazem manifestações contra obras importantes e necessárias - Usina Hidrelétrica de Belo Monte é uma delas - e também contra a agricultura, sem ter a MENOR NOÇÃO DO ASSUNTO. Depois de gravarem spots pedindo ajuda ao ecossistema, saem do estúdio dirigindo carrões que bebem mais gasolina que um tanque de guerra)

Mas no delta da cachoeira

Tucano não pode sorrir

(Escândalo Cachoeira e empreiteira Delta: Mostra que a oposição (Tucano = PSDB), não pode tirar casquinha (sorrir) contra o governo federal que está enrolado até o pescoço com a Delta e as obras do PAC, por causa do seu rabo também preso via o governador Marconi Perillo, de Goiás, além do senador Demóstenes Torres, que é oposição)

Calou-se o prefeito na sombra

O André deu perda total

Caso Celso Daniel: Prefeito da cidade paulista de Santo André, do PT (Perda Total), que foi assassinado a mando do empresário e "amigo" Sérgio Gomes da Silva, de codinome Sombra, devido a desvios de dinheiro da prefeitura para a campanha de Lula em 2002)

Ai que bom ter o mapa da mina

(Eike Batista - pronuncia-se áique - e a lenda de que ele, por ser filho de Eliezer Batista, antigo presidente da Cia Vale do Rio Doce - quando essa empresa era uma estatal - e também ex-ministro das Minas e Energia, teria em casa um mapeamento de todas as riquezas minerais do Brasil)

Paris quem descobriu foi.... Cabral.

(Diretasso: O atual escândalo que envolve o governador do RJ, Sérgio Cabral, e suas viagens para Paris pagas pelo empreiteiro Fernando Cavendish, dono da empreiteira Delta, envolvido até o último fio de cabelo com o caso Cachoeira)

Um tem sombrancelha gigante, uma é caipira outra é anã

Um careca e outro fumante

(referência aos próprios humoristas, para dar uma aliviada e mostrar que até eles por eles são zoados hehehe)

MTV acaba amanhã!

(há o boato que o grupo Abril pensa em fechar a sua TV musical, devido à migração para a internet dos anunciantes ligados ao público juvenil, além de pressões vindas de governos contra o grupo Abril como um todo)

VIDEO PARÓDIA NO YT:

VIDEO REAL DO CHICO ORIGINAL NO YT:

10 comentários:

  1. sensacional! adoro o adnet e a mtv e espero q nao fechem nao.

    ResponderExcluir
  2. Esclarecedor... PARÓDIA das melhores que vi nos últimos anos...

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a análise da música feita por você, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  4. MTV acaba amanhã!

    (há o boato que o grupo Abril pensa em fechar a sua TV musical, devido à migração para a internet dos anunciantes ligados ao público juvenil, além de pressões vindas de governos contra o grupo Abril como um todo)

    -

    Acredito que isso seja uma piada com o que eventulmente aconteceria com a MTV em tempos de censura de impresa mais rígidos, que na verdade, hoje em dia, são tão rígidos quanto, mas travestido e discreto.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o texto sobre o vídeo. O vídeo é sensacional! Que os talentos sobrevivam sempre.

    ResponderExcluir
  6. O admx coloquei sua analise no meu blog mas não se preocupe coloquei dizendi que é seu ta valeu o meu blog é ADMIRAVEL MUNDO MODERNO (O ORIGINAL)

    ResponderExcluir
  7. "Vai já pro sofá figurante
    Reality vale um milhão
    Um belo monte de artistas
    Pra gota d’agua não cair" eu acho que esse trecho fala sobre o reality "A Fazenda", da record!!

    ResponderExcluir
  8. Eu também acho que "Todo mundo já foi pra band
    Tem argentino, tem arregão" o "arregão" fala sobre o Datena, que foi para a record e "arregou" de volta pra band!!

    ResponderExcluir
  9. Será que não ta na hora de largar a guerra fria, de destros atacando canhotos e canhotos atacando destros? O conflito é feito de tensões, por que não acabar com as tensões e se respeitar? Será mesmo que o homem se divide em polos que obrigatoriamente se odeiam?

    ResponderExcluir